• Nael Rosa

Após romper a quarentena, infectado com coronavírus vai para prisão domiciliar


Após receber informes de populares e da Secretaria Municipal de Saúde de Piratini de que um dos dois infectados (já confirmados com exames positivos) pelo coronavírus que causa COVID-19, mesmo ciente da necessidade de isolamento, descumpriu as medidas sanitárias e circulou por ruas, farmácias e supermercados da cidade, ajudando a disseminar a epidemia.


O Dr. Rafael Vitola Brodbeck, delegado de Polícia titular da DP/Piratini, determinou registro de ocorrência e representou junto ao Poder Judiciário pela concessão de mandado de prisão domiciliar. A medida, deferida pelo magistrado da comarca, foi cumprida por policiais civis com apoio de policiais militares por volta das 7h da manhã desta sexta-feira, 27 de março, na residência do investigado, o qual foi cientificado de que não poderá abandonar sua residência sob pena de ter de cumprir medidas cautelares processuais mais gravosas.


O delegado salienta que o investigado, que é bacharel em Direito, ainda tinha a audácia, segundo informações, de deixar de usar luvas e máscaras de proteção em seus irregulares abandonos do lar. A circulação pública do investigado se deu logo após a confirmação da testagem positiva para COVID-19, demonstrando pouco caso de sua situação.


A autoridade policial ressalta que o preso é investigado pela prática dos arts. 267 e 268 do Código Penal, e a ação está amparada pela Lei 13.979/2020 e pela Portaria Interministerial 5/2020 dos Ministérios da Justiça e da Saúde.

Conforme o delegado, com isso, a Polícia Civil cumpre seu papel de auxiliar no combate à pandemia e proteger a saúde das pessoas e a incolumidade pública.


Nael Rosa- redator responsável

Wats: 53-984586380

Cel: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

928 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce