top of page
  • Nael Rosa

Auri decide compor com o MDB e é reeleito presidente da Câmara em Piratini

Foto: Nael Rosa

Mesa Diretora da Casa agora é composta por PT e MDB

O prefeito Márcio Porto, que contava com apenas quatro dos nove votos no Legislativo de Piratini, portanto a minoria, obteve uma vitória na quinta-feira com a reeleição para a Câmara do petista José Auri Soares, que até então era oposição, mas que mantinha um bom relacionamento com a gestão municipal no tocante à postura no momento da votação de projetos importantes para o Executivo.


Em chapa única, Auri foi reeleito e terá como vice- presidente da Casa a vereadora emedebista Cleuza Manetti.


Indagado sobre o motivo para a mudança de posição, disse que dessa forma a relação de trabalho que já é boa, ficará ainda melhor, destacando também a aproximação com o governo em nível estadual e nacional, pesou em sua decisão.


“Temos o Gabriel Souza, eleito vice-governador do estado e que é do MDB. E pelo nosso lado, agora tornamos a ter um presidente do PT. Isso facilitará quando formarmos comitivas para ir tanto a Porto Alegre como a Brasília para tentar recursos, pois além dos vereadores, também poderá estará conosco o prefeito do município”, justificou Soares, que acrescentou:


“A Câmara de Vereadores é independente da Prefeitura, mas o município não é isolado, assim precisamos cada vez mais facilitar a questão do diálogo”.


Quanto a essa mudança de postura influenciar em possível apoio do PT ao MDB nas próximas eleições municipais, o presidente disse que esse não é o momento para essa discussão, pois a mesma se dará no futuro e será amplamente tratada pelo seu partido.


“Não estamos tratando de coligação para o futuro neste momento, o que ocorrerá na oportunidade adequada. O que tivemos agora foi o apoio da maioria do PT para que eu compusesse com o MDB, quanto ao resto, vereamos depois”, encerrou.


Reportagem: Nael Rosa



244 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page