• Nael Rosa

Camping Municipal de Piratini oferece tranquilidade aos veranistas em meio à natureza

Foto: Nael Rosa

Veranistas vêm de toda região para acampar em Piratini

Optar por um lugar tranquilo em meio à natureza ao invés do nosso imenso litoral na estação mais quente do ano, é a escolha de muitas pessoas que vem a Piratini na temporada de verão curtir e descansar no Camping Municipal, uma estrutura que também é a preferida dos piratinienses que, nas férias ou aos finais de semana, aproveitam para reunir a família e os amigos com o objetivo de aliviar as tensões e o cansaço causados pelo cotidiano.


Manter atrativo e aprazível o local é um desafio para a Prefeitura, já que o mesmo anualmente enfrenta muitos problemas causado pelo vandalismo, o que atualmente foi reduzido drasticamente dado a uma providência tomada pelo município.


“Ataques de vândalos, principalmente aos sanitários eram recorrentes. Solucionamos isso reformando uma casa no próprio camping e colocando para morar nela um funcionário que recebe os veranistas e cuida de tudo que ali existe, inclusive à noite que era quando ocorriam as depredações”, explica o secretário de Urbanismo, Luís Henrique Rosa da Silva.

Ele acrescenta que, além da manutenção necessária, a administração municipal deu início à reforma dos banheiros e à construção de novos quiosques e churrasqueiras, ação que ainda não foi concluída, com previsão que aconteça até março.


“Pretendemos concluir esta etapa em breve, pois ainda não foi feito em virtude dos materiais já comprados ainda não terem chegado. Mas considero que tudo que podemos ofertar para as pessoas só vai ficar pronto e a contento no verão 2023, que é quando poderemos fazer maiores e melhores investimentos. Estamos no caminho certo, mas pode ficar melhor”, falou Silva, que diz contar com os veranistas para ajudar a conservar a estrutura ofertada.


Para o aposentado Éber Machado, 75 anos, a 1ª Capital Farroupilha tornou a ser destino certo após duas décadas sem aproveitar a paz oferecida pelo camping. Ele que deixou a cidade para morar em Pelotas aos 22 anos, em janeiro deste ano retornou, e diz que indicou o local para os amigos que fazem parte de um grupo de motor home de 160 integrantes e que viajam pela Costa Doce em busca de tranquilidade que é ofertada pelo local a custo zero.


“ Até o início dos anos 2000 em vinha para Piratini com frequência. Mas depois desativaram o camping e eu deixei de visitar o município. Agora vim matar a saudade da terra e de tudo que essa estrutura oferece, e não somente eu, mas também outros integrantes do nosso grupo estão vindo para aproveitar. O lugar é muito bom, embora ainda falte concluir as reformas de banheiros, por exemplo, mas de uma forma geral tudo isso aqui proporciona um bom descanso”, assegura Machado.


A metros dali, em anexo, fica o Balneário Carlos Carvalho e as aguas recebidas do Rio Piratini, onde as famílias se refrescam e os desportistas aproveitam as quadras de areia do Complexo Klérfim Borges Cardoso para jogar vôlei de areia e Beach Soccer.


Nesta temporada a Secretaria de Desporto e Turismo vai promover em parceria com o Sesc a segunda etapa do Verão legal que em virtude do aumento de casos de Covid-19 no município foi transferida de fevereiro para março e será novamente uma das atrações para quem também aproveita as belezas naturais oferecidas tanto pelo camping, como pelo balneário.


Reportagem: Nael Rosa

Contato: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com





799 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png