• Nael Rosa

Muriel e Mykaella se casam e Cartório registra a primeira união homoafetiva de Piratini

Foto: Nael Rosa


O Cartório de Registro Civil de Piratini registrou na segunda-feira (24) a primeira união homoafetiva no município com o enlace matrimonial entre a enfermeira padrão Muriel Espíndola, 26 anos, e a designer Mykaella Francisca Martins, 21.


Foi uma cerimônia com a presença de amigos e familiares que marcou mais um capítulo feliz de um relacionamento que já dura dois anos entre namoro e noivado.


“Estamos muito felizes, todos nós, inclusive nossas famílias que aceitaram a nossa relação de uma forma tranquila e por isso decidimos oficializar a nossa união”, disse Muriel.


Sobre a aceitação do relacionamento em uma cidade que cultua de uma forma muito forte o tradicionalismo, a enfermeira falou que está surpresa e que o comportamento das pessoas com a relação LGBTQIA+.


“ Antes de nos assumirmos eu tinha outra visão. Achei que sofreríamos preconceito por ser aqui uma terra extremamente tradicionalista. Na verdade foi totalmente ao contrário do que eu pensei, pois as pessoas nos receberam de uma forma extremamente positiva, inclusive minha família que está muito feliz por mim”, avalia Muriel, que também obteve apoio dos colegas de trabalho no Hospital Nossa Senhora da Conceição.


Sobre como o Brasil ainda encara a relação entre dois homens e duas mulheres, ela acredita que as novas gerações serão responsáveis por dar fim ao preconceito.


”Eu repito que estou surpresa, já que achei que as pessoas aqui eram muito preconceituosas, mas foi tranquilo. Quanto ao comportamento no país eu entendo que a mentalidade está mudando por conta dos adolescentes e jovens de hoje. Creio que daqui a 20 anos isso não existirá mais, pois eu já noto que quem é preconceituoso tem vergonha de dizer que é assim”, opina.


Reportagem: Nael Rosa

Contato: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

488 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png