• Nael Rosa

Proprietário da Cia da Carne repudia publicação e garante que a empresa obedece as normas sanitárias



Setor de carnes oferecido pela empresa recebe constantes investigamentos

O empresário Maurício D`Ávila, proprietário da Cia da Carne em Piratini, externou na manhã deste sábado (20), sua indignação por ter fotos suas e do setor de carnes da empresa expostas na imprensa de Canguçu, em um veículo de imprensa do município de Canguçu, em matéria que aborda a etapa da Operação Avante deflagrada na sexta-feira (19) pela Brigada Militar e Vigilância em Saúde, o que resultou na apreensão de 143 quilos de carne que estavam em desacordo com as normas sanitárias, portanto impróprias para comercialização e consumo.


D`Ávila disse que o mercado foi sim alvo da fiscalização, o que está dentro da normalidade, mas do total apreendido pela BM e fiscalização, nem um grama do produto impróprio faz parte da Cia da Carne, empresa que recentemente fez um grande investimento nesse setor ao inaugurar uma fábrica de embutidos nas mesmas instalações.


“A publicação está nos causando transtorno, pois mesmo de máscara, é possível me ver em uma das fotos, bem como a marca da empresa em outra foto publicada, o que me surpreendeu e fez com que eu passasse a receber dezenas de ligações devido a matéria dar o entendimento de que a Cia da Carne não foi aprovada pela fiscalização da Prefeitura e teve carne em desacordo com o que exige a lei apreendida”, reclama o empresário.


Conforme Maurício, o setor que comercializa o produto e também fábrica de linguiça de marca própria, foi visitada e fiscalizada pelas autoridades, e ao contrário do que sugere a matéria, foi alvo de elogios por atender os padrões sanitários e de higiene exigidos, o que ele destaca ser uma obrigação, mas que também é parte do que norteia a forma de trabalhar da empresa ao ofertar o que comercializa para a comunidade a qual está inserida.


“Trabalhamos dentro dos padrões sanitários exigidos, o que não poderia ser diferente e ocasiona investimentos constantes da nossa parte, portanto nos causa indignação tal publicação, pois a mesma desabona nossa conduta perante a comunidade de Piratini, responsável por nosso êxito enquanto empresa”, concluiu D`Ávila.


O empresário encerrou reafirmando o seu compromisso com a qualidade dos produtos ofertados nos estabelecimento e afirmou que está avaliando as providencias cabíveis a serem tomadas, o que servirá para que erros e injustiças dessa natureza não tornem a se repetir.


Nael Rosa- redator responsável

Wats: 53-984586380

Cel: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

4,566 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce