• Nael Rosa

ERS -702 tem 88 buracos no asfalto, o que oferece risco para quem trafega


Ao longo de 35 quilômetros, a reportagem Eu falei contou 88 buracos

A ERS- 702, que permite chegar ou sair de Piratini, está com boa parte de sua base asfáltica deteriorada. São dezenas de buracos num trecho de 35 quilômetros desde o trevo de acesso, entroncamento com a BR 293, que dá, entre outros, a possibilidade de quem vem ou vai para os municípios de Bagé e Pelotas, chegar ou sair da Capital Farroupilha.


Percorremos de carro o percurso na quarta-feira (05) quando foi possível constatar a situação da rodovia onde está situada a nova ponte do Costa, travessia entregue pelo governo do Estado à comunidade em 21 de março deste ano.


Verificamos que, ao longo do trajeto, há 88 orifícios no asfalto, muito deles, no meio da pista, o que oportuniza risco de acidentes para quem guia veículos leves e pesados.


Nos acostamentos nada é diferente, pois o asfalto se soltou, o que pode ser provocado pelo trânsito frequente de caminhões e carretas, peso não suportado pela fina camada do material colocado quando a via, construída nos anos 30 e asfaltada na década de 90, passou a ter um fluxo maior por parte de quem à acessa.


Entramos em contato por email com o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (Daer), e a resposta foi que, ainda essa semana, provavelmente a partir de sábado (8) a 7ª Superintendência Regional da autarquia vai disponibilizar sua estrutura para que a manutenção necessária seja realizada, inclusive, com o fechamento dos buracos existentes.


Reportagem : Nael Rosa

Contato: 53-9-9502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

196 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce