top of page
  • Foto do escritorNael Rosa

Família de garoto que levou quatro tiros faz campanha para custear tratamento da vítima

Foto: divulgação

Isaac levou quatro tiros e ainda está com dois projéteis alojados no corpo

A família do menino, Isaac Cremonine Barreto, de 11 anos, filho caçula do casal Gustavo Machado Barreto e de Susana Cremonine, assassinados dia 18 de março no Assentamento Fortaleza, em Piratini, está, através das redes sociais, pedindo ajuda para custear o tratamento do garoto que também foi baleado com quatro tiros e viu os pais morrerem.


Isaac deu alta do hospital após passar por cirurgia e se encontra na casa de parentes em Pelotas, com uma das pernas fraturada e ainda dois projéteis alojados no corpo.


“Não tivemos coragem de trazê-lo para casa ainda. Queremos mudar algumas coisas no local onde tudo ocorreu para somente depois disso buscá-lo para morar conosco. Enquanto isso, estamos tentando conseguir recursos para o tratamento dele até que possamos nos organizar financeiramente outra vez”, explicou Paola Oliveira Alves, casada com um dos três irmãos da vítima.


Ela garantiu que eles vão assumir a guarda de todos os filhos de Gustavo e Susana, entre estes, uma menina especial que tem 33 anos.


Paola disse que Isaac já sabe que os pais morreram, pois assistiu eles serem mortos, o que faz com que o menino precise de antidepressivos de forma contínua.


Dia 22 de abril acontece uma ação entre amigos na sede da Associação Conquista da Liberdade, 2º Distrito, com o objetivo de captar recursos para ajudar Isaac.


Outra forma de ajudar é via pix- O Cpf de Paola é 04612831071


1.087 visualizações

Comments


Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page