top of page
  • Foto do escritorNael Rosa

Professor, Gabriel Nunes (PT), desiste de ser pré- candidato a vice de Vitão; o veterinário, Jovan Lima é o seu substituto

Foto: Nael Rosa

Gabriel Barcelllos Nunes optou por fazer seu Doutorado na UFPel

O professor formado em Letras, Gabriel Barcellos Nunes, 38 anos, e que há seis anos ocupa a função de diretor da Escola Estadual Adão Pretto, desistiu de ser o pré-candidato a vice-prefeito na chapa que tem como aspirante à Prefeitura de Piratini, Vitor Ivan Gonçalves Rodrigues, o Vitão, do PDT.


Nunes, que até então representaria o PT, sigla que, além do PDT, ainda tem o PSB na composição da coligação que representa a oposição ao prefeito Márcio Porto, que tentará a reeleição pelo MDB, disse que a decisão foi difícil, mas que não encontrou outra saída, pois o motivo que lhe levou a isso está ligado à continuidade dos seus estudos.


“Lamento, já que eu havia me comprometido com meus companheiros. Mas eu terminei meu Mestrado em dezembro do ano passado e, agora, meu projeto sobre a Educação no Campo e que teve como base o interior de Piratini, foi indicado para que eu possa também fazer meu Doutorado na Universidde Federal de Pelotas. Sendo assim, não conseguirei tempo para ao mesmo tempo, me dedicar à campanha e estudar, seria inviável”, explicou o educador, que encerrou fazendo questão de afirmar:


“Sempre que for possível, estarei ao lado do Vitão e do Jovan, ajudando os dois na campanha, pois eles têm minha total confiança”.


Jovan Itamar de Lima, presidente do PT em Piratini, é o substituto de Gabriel.  Assentado no município, ele tem 43 anos e, além de ser médico veterinário, formação acadêmica obtida na Universidade de Baiano, em Cuba, ainda é assessor parlamentar do presidente da Câmara de Vereadores, o também petista, José Auri Soares.


Reportagem: Nael Rosa

-

688 visualizações

Comments


Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page