• Nael Rosa

Hospital de Piratini disponibiliza consultas e exames durante o Novembro Azul

Foto: Nael Rosa

Fachada da instituição foi iluminada com a cor de acordo com a campanha

A campanha de prevenção ao câncer de próstata, que no Brasil é chamada de Novembro Azul, este ano levou o Hospital de Caridade Nossa Senhora da Conceição de Piratini, a oportunizar para o sexo masculino consultas com urologista, especialidade a qual a instituição é referencia regional, e exames completos para que os homens possam saber como anda sua saúde neste sentido.


Foram disponibilizados somente para Piratini, 40 consultas, sendo dez por semana, e 80 exames, 40 de Antígeno Prostático Específico, o chamado P.S.A, que é um teste através do sangue, e 40 exames de toque retal, tudo de forma gratuita.


Fátima Ferreira, funcionária do hospital e uma das organizadoras da campanha, disse que no princípio acreditava que não seria fácil atrair interessados para fazer o processo, o que de fato não foi, mas que logo a seguir houve uma procura acentuada por parte do gênero.


“Para se ter uma ideia, no Outubro Rosa, que busca prevenir o câncer de mama, nós esgotamos as consultas e mamografias na primeira semana, o que é normal, pois enquanto a mulher busca cuidar se si, realizando também um exame invasivo e dolorido, o homem se afasta da prevenção dado a certas “brincadeiras” que são infelizmente normais entre eles no que diz respeito ao exame de toque. É um tabu criado por eles mesmos”, observa Fátima, novamente frisando que a mulher faz exame ginecológico no mínimo uma vez por ano, tem seu corpo e órgão genital exposto e tocado, inclusivo por médicos, mas que não há o que ela chamou de “piadinhas” entre elas.


“As filhas querem trazer os pais e as esposas, os maridos para a consulta, mas há, em virtude dessas piadinhas e o preconceito, uma grande resistência”.


Ela conclui dizendo que a direção buscou já no slogan da campanha deste ano uma frase que não remetesse à situação que vai ocorrer durante o procedimento que é quando o homem precisa se expor ao profissional da área permitindo que este toque em seu corpo.


“É comum em campanhas para o Novembro Azul que frases como “ Precisamos tocar nesse assunto”, ou seja, de duplo sentido, sejam usadas e isso não ajuda em nada. Buscamos algo que realmente atraia os homens para o cuidado necessário. Portanto, usamos como slogan este ano a frase, cuidar da saúde também é coisa de homem”, finaliza.


Para ter acesso aos procedimentos basta procurar a secretaria do hospital e agendar o exame e a consulta.

Reportagem: Nael Rosa

Contato: 53-9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com


141 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce