• Nael Rosa

Oficinas ajudam pacientes internados na ala Dr Piva em Piratini


Angélica e Sibele estão à frente das oficinas no Hospital Conceição

Quando, enquanto pacientes somos obrigados a enfrentar o cotidiano de um hospital, a rotina quase inalterada nos faz ter a sensação de que as horas passam mais lentamente, e se estamos acamados em uma ala onde, por exemplo, mais restrições se fazem necessárias, é perceptível que qualquer atividade proposta pela instituição nos tira da monotonia, e consequentemente da ansiedade pela alta hospitalar que poderá demorar.


Para proporcionar aos pacientes da Ala Doutor Piva, espaço do Hospital Nossa Senhora da Conceição de Piratini dedicado aos internos com dependência de álcool ou drogas ilícitas e também com problemas psiquiátricos, como depressão e transtorno bipolar, a pedagoga psiquiátrica Angélica Perret e a técnica em Enfermagem Sibele Rosa, são responsáveis pela terapia ocupacional ao coordenarem as oficinas de artesanato que proporcionam a alteração do dia a dia dos pacientes que são, para sua própria segurança e eficácia do tratamento, impedidos de circular por outros espaços da instituição, ficando circunscritos ao leito e ao espaço ao ar livre existente.


“Eles se entretém, e além da atividade de lazer, muito descobrem coisas que até então não sabiam que eram capazes de realizar, deixando a ala, através dos painéis pintados por eles, bem mais bonita”, destaca Sibele, que há um ano passou a ser parceira de Angélica, demonstrado habilidade ao tratar com doentes internados na Piva.


Para a pedagoga, as atividades tiram o foco da patologia a qual eles estão acometidos, e mesmo não sendo algo que elas impõem, há uma adesão ao que é feito no mínimo duas vezes por semana.


“Convidamos, mas não forçamos a participação. É aos poucos que eles vão aderindo. A pintura e o artesanato trazem mais tranquilidade e faz eles tirem o foco, o pensamento do problema pelo qual estão passando”, explica Angélica.


Com esse propósito, todos os bancos e mesas do pátio da ala foram renovados por internos, e tudo mais que é produzido por eles pode ser levado, inclusive pelos familiares, sem custo, bastando apenas que estes doem material como pincéis e tintas, o que garante a continuidade das oficinas.


Nael Rosa- redator responsável

Wats: 53-984586380

Cel: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

4 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce