• Nael Rosa

Piratini se prepara para receber empresa que poderá gerar 80 empregos diretos

Foto: Nael Rosa

Bayard prevê a arrecadação de R$ 5 milhões em impostos

Piratini, através da Prefeitura Municipal, se prepara para receber uma filial gaúcha da empresa West Aves, empresa com base em Santa Catarina e que pretende produzir no município pintos tipo exportação.


O investimento para a construção da estrutura física chega aos R$ 5 milhões e a mesma começa a ser erguida no final deste mês.


Segundo secretario especial de Coordenação de Projetos, Bayar Vaz, a contrapartida do município que ainda depende da aprovação do Legislativo, será a cedência de três áreas rurais, sendo estas a serem situadas no 1º, 4º e 5º distritos respectivamente, além do encubatório que ficará no perímetro urbano.


Ele fez uma estimativa de que em dois anos, quando a produção de pintos deverá atingir sua plenitude, a anual da West Aves vai proporcionar uma arrecadação interessante para o município, além da geração de empregos que poderá atingir 80 vagas diretas.


“Esperamos da empresa a geração de 80 empregos diretos e 100 indiretos e a previsão é que o faturamento médio anual chegue aos R$ 35 milhões por ano, o que pode proporcionar algo m torno de R$ 4 milhões em impostos para Piratini”, detalha Bayard, que ainda prevê uma cifra maior que poderá chegar aos R$ 5 milhões, em impostos que inicialmente são arrecadados pelo estado e pela União, mas que depois retornam para a cidade.


Reportagem: Nael Rosa

Contato: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

579 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
eufalei.png