top of page
  • Foto do escritorNael Rosa

Piratini torna a registrar casos de Covid-19, mas secretário de Saúde entende que não há motivos para prucupação

Foto: Nael Rosa

Titular da paasta de Saúde, Daniel Farias, entende que motivos para preocupações

A Secretaria de Saúde de Piratini, pasta comandada por Daniel Farias, tornou a registrar casos de Covid-19 entre a população.


s novos registros confirmados a partir da coleta de material para análise junto aos que, por apresentarem, principalmente sintomas gripais, buscaram a estrutura disponível no município para a realização  de exames, são a partir de fevereiro, sendo que, nos primeiros cinco dias do mês de março, sete pessoas testaram positivo para a doença.


Para Farias, isso não deve ser motivo para que a população torne a se preocupar, pois o coronavírus é só mais um vírus que se instalou entre nós. Ele explica:


“Sim, tivemos um leve aumento nos diagnósticos positivos no início deste mês. Saliento ainda que na cidade pode haver bem mais pessoas que estiveram ou estão com Covid, afinal, muitos buscam a rede privada (farmácias) que também disponibilizam esses testes para confirmar ou não se estamos com esse tipo de infecção. Mesmo assim, entendo que não há motivos para mais preocupações, já que, o coronavírus é só mais um vírus que se instalou entre nós e que, para não corrermos o risco de contraí-lo, devemos também integrar a nossa rotina os cuidados básicos para evitar a doença”.


Ele acrescentou que nenhuma das pessoas que apresentaram febre ou tosse, por exemplo, tiveram ou estão com outros sintomas que atestam gravidade com relação ao seu estado de saúde, portanto, basta que todos nós apenas mantenhamos hábitos de higiene.


Até a última segunda-feira (11), a Secretaria de Saúde, obedecendo aos protocolos de testagem impostos, tanto pelo Ministério da Saúde, como pela Secretaria Estadual de Saúde, oportunizava a testagem sem nenhum custo apenas a quem, no Rio Grande do Sul,  tem doenças crônicas e para idosos. Mas no princípio desta semana, os mesmos órgãos mudaram suas posturas.


Agora, recomenda-se o teste em casos de síndrome gripal entre aqueles que integram os grupos de alto risco, inclusive, indígenas, gestantes, imunocomprometidos e crianças com até 12 anos.


 Daniel Farias, informou que a vacinação, que continua sendo a principal medida de proteção contra a Covid-19,  está disponível apenas no Posto Central, Jabu  da Luz.


 Dúvidas com relação, inclusive aos horários de atendimento, podem ser sanadas por contato telefônico: 53) 9 9107-9318 ou (53) 9 9102-7449.


Reportagem: Naell Rosa


259 visualizações

Comentários


Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page