top of page
  • Foto do escritorNael Rosa

Prefeitura de Piratini usará três datas do mês para eventos alusivos ao Outubro Rosa

Foto: Nael Rosa

Daniel Farias disse que o número de casos de tumores na mama em Piratini é alto e preocupante

A Prefeitura de Piratini, através de movimentos realizados pela Secretaria de Saúde, vai promover atividades em três datas diferentes, para dar visibilidade ao Outubro Rosa, objetivando com isso atrair e envolver as mulheres do município nas ações que visam enfatizar e a importância de se detectar tumores comuns ao gênero feminino.


Dos eventos previstos, dois ocorrerão dias 19 e 27 deste mês, nos postos de saúde dos bairros Vila Nova e Padre Reinaldo, respectivamente.


“Vamos usar o atendimento noturno que ofertamos inclusive na estrutura que dispomos também no Cancelão, para que as mulheres possam ter consultas e obter a prescrição de exames não só para detectar um possível nódulo no seio, mas também outras doenças comuns a elas, como o câncer de útero, por exemplo, pois o objetivo é que, em caso de um diagnóstico positivo para uma dessas doenças, se descubra o tumor em fase inicial, o que aumenta significativamente as chances de cura”, enfatizou Daniel Farias, titular da pasta de Saúde.


Ele destacou que todos os movimentos feitos pelo município nesse sentido, visam contribuir para a redução de óbitos ou mutilações no caso do câncer de mama, enfermidade que, segundo apontou, tem grande incidência de casos na cidade.


“Piratini tem um grande número de mulheres acometidas pelo tumor na mama. Isso é a realidade do mundo todo e a previsão para 2023 é muito preocupante, já que a estimativa é que 76 mil mulheres desenvolvam este tipo de tumor”, comentou Farias, acrescentando que o número de mortes dado essa patologia foi de 18 mil no ano de 2021.


No evento do dia 27 de outubro, no Padre Reinaldo, além de consultas e prescrição de exames como hemograma, mamografia, coleta para pré- câncer e outros que o Hospital Nossa Senhora da Conceição oferece, haverá ainda palestras com um profissional da ginecologia que abordará sobre doenças sexualmente transmissíveis, e também um advogado, este último para que as mulheres fiquem a par dos seus direitos, tudo acontecendo na quadra de grama sintética existente próximo à estrutura de saúde do bairro.


Reportagem: Nael Rosa

171 visualizações

Comments


Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page