top of page
  • Nael Rosa

Licitação para construir espaço que vai receber rodoviária e os camelôs é lançada pela prefeitura

Foto: Nael Rosa

Bancas de camelôs terão que sair do Centro Histórico

O secretário municipal de Planejamento, Daniel Farias, anunciou na terça-feira (10), que foi lançado o processo licitatório para definir a empresa que vai construir o prédio para abrigar, tanto a nova Estação Rodoviária de Piratini, quanto o centro comercial que passará ainda este ano receber os camelôs que comercializam seus produtos no Centro Histórico, bem como os trailers que não são móveis e por não estarem sobre rodas não mais poderão vender lanches e bebidas na área central da cidade.


A estrutura terá 518 metros quadrados e custará em torno de R$ 700 mil, recursos do município provenientes de um fundo específico que acumula valores de multas aplicadas pela fiscalização da Prefeitura.


“Iremos abrir as propostas dia 26 de janeiro quando saberemos quem é a empresa vencedora da licitação. A partir daí, prevemos que em sete meses o prédio vai estar pronto para receber a rodoviária e os comerciantes”, afirmou Farias, acrescentando que todos os interessados já concordaram em migrar para o futuro espaço.


“Já conversamos com todos e está tudo certo. Para os camelôs terá a vantagem de estarem em um local que concentrará o movimento dos passageiros dos ônibus, e estes por sua vez contarão com o fácil acesso a ERS 702 pela Rua 24 de Maio”, destacou.


Reportagem: Nael Rosa


273 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png
bottom of page