• Nael Rosa

Prefeitura paga dívida de quase R$ 1 milhão à Equatorial Energia e garante nova ligações

Foto: Nael Rosa

Com o pagamento, quadra de grama sintética do Padre Reinaldo já conta com iluminação noturna

A Prefeitura de Piratini conseguiu dar solução a um problema existente desde a gestão anterior ao renegociar uma dívida que ultrapassava os R$ 1,7 milhão devidos à Equatorial Energia. O montante impedia que o município realizasse novas ligações e, um exemplo disso, é a quadra de grama sintética construída no bairro Padre Reinaldo que até então estava sem iluminação, o que tornava impossível a prática de esportes à noite.


De acordo com o vice- prefeito Cláudio Dias (MDB), a situação foi solucionada com o pagamento de uma só vez com recursos próprios, o que gerou uma economia de quase R$ 700 mil.


“Pagamos toda dívida de uma só vez através de um acordo com a concessionária, o que nos levou a desembolsar R$ 977 mil. Com a proposta aceita pela Equatorial, a diferença do valor original vai ser usada para outras melhorias no município”, disse Dias.


Ele destacou que a pendência, além de impossibilitar a requisição de serviços nesse sentido, impedia também o município de ser contemplado com novos projetos de iluminação e reduzia a qualidade dos serviços ofertados à comunidade.


“Desde que assumimos temos mantido em dia as contas de energia elétrica, mas tinha essa dívida herdada do governo anterior que, com os juros e correções, já era milionária e nos mantinha com restrições para este fim. Estamos ainda organizando tudo que recebemos, mas nosso compromisso é entregar um serviço de qualidade a nossa cidade e, mantendo as contas em dia, nos dá credibilidade e nos permite fazer melhorias e entregar novas obras, pois o nome limpo também é responsável por atrair, por exemplo, empresas para processos licitatórios que a prefeitura abre”, destacou.


Reportagem: Nael Rosa


185 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png