• Nael Rosa

Presidente da Apae Piratini projeta conclusão do ginásio para início de 2022.

Foto: Nael Rosa

Muros que integram construção do ginásio já estão prontos. Desafio agora é concluir as paredes

A direção da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Piratini (APAE) informou na terça-feira (20) que a entidade concluiu os muros de contenção que integram a obra do ginásio que começou a ser construído em 2019.


Segundo Lisete Frizzo, presidente, agora a intenção é dar inicio à construção das paredes para onde serão necessários cerca de 18 mil tijolos e, para isso, no ano passado, até teve princípio uma campanha para arrecadar este tipo de material, mas esta foi interrompida mesmo sem obter muito sucesso, já que se aproximava à época de fim de ano e havia outro foco por parte da população.


“Intencionamos recomeçar essa campanha, mas agora não como fizemos inicialmente, uma vez que a ação chamava-se “Campanha do Milheiro”, ou seja, às pessoas eram pedidos no mínimo mil tijolos, o que não mais poderemos fazer, afinal, ano passado, o valor de mil unidades do material era R$ 1 mil e agora o acréscimo é de 50%. Assim, desta vez, quem quiser ajudar poderá doar quanto puder”, explicou Frizzo.


Conforme a presidente, a elevação do preço é uma das principais responsáveis pelo o aumento do custo previsto para a obra, avaliada inicialmente em R$ 1 milhão.


“Não temos noção de qual será o valor final, mas o inicialmente previsto não será mais suficiente. A nossa esperança está renovada porque o deputado federal Marlon Santos, do PDT, nos garantiu recursos para as duas etapas finais, portanto, vamos lutar e vamos conseguir”, assegurou.


Outra injeção de recursos poderá vir do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (COMDCA), que segundo a presidente, poderá, após o pleito municipal de 2020, liberar valores que na contagem da administradora chegam a R$ 200 mil.


“Não posso afirmar quanto entendo que temos direito a receber, mas é algo que poderá chegar a R$ 200 mil, cifra decorrente da campanha que a Apae fez junto aos empresários para que destinassem parte do seu Imposto de Renda para nós. Acho que agora sairá esse dinheiro, pois editais foram abertos pelo Conselho, assim nos resta aguardar”, disse.


Ela concluiu com uma expectativa:

“Intencionamos concluir esse ginásio em um ano e meio. Em breve pretendemos concluir as paredes e partir para a cobertura metálica e, mesmo com o custo muito elevado da mão de obra, sim, será possível”, afirmou.

Reportagem: Nael Rosa

Contato: 53- 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com


198 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce