• Nael Rosa

´Prefeitura apoia e Projeto Formando Cidadãos recomeça nesta terça-feira (2)

Foto: Elis Garcia

Aleessandro Garcia (e) comemorou com o prefeito Márcio Porto a assinatura do convênio

A ação que há mais de duas décadas busca socializar crianças através do esporte recomeça nesta terça-feira (2), em Piratini.


Com o apoio financeiro da Prefeitura que vai repassar pelo período de um ano valores para a Academia Adrenalina, será reativado o Projeto Formando Cidadãos, que proporciona aulas de Taekwondo para jovens e crianças de 6 a 18 anos, em situação de vulnerabilidade social.


O mestre Alessandro Garcia, proprietário da academia e professor dos alunos, disse estar satisfeito com o subsídio dado pelo município, pois nos últimos anos tem encontrado muitas dificuldades para obter apoio na cidade.


“ Estamos felizes, já que conseguir quem nos apoie até então estava muito difícil. Recebemos muitos retornos negativos de algumas administrações e agora partiu do Departamento de Desportos e também do prefeito Márcio Porto, nos procurar, possibilitado com isso que possamos dar sequência na formação de mais cidadãos”, pontuou Garcia.


Ele garante que vai se manter vigilante para que as regras exigidas ao integrar o projeto sejam cumpridas, e observa que a postura e o bom comportamento não são exigidos apenas no tatame, mas também na rua e em casa.


“Cobramos que os participantes obtenham no mínimo a média escolar exigida no tocante as notas. Também é observado frequência e comportamento, não somente no colégio, mas também em casa, bem como a postura na comunidade como um todo. Tem que ser exemplo em tudo e com todos”.


Garcia disse que com tudo isso é possível que os novos aprendizes da arte marcial alcancem êxito na vida, o que é já uma realidade para ex- alunos que passaram pelo projeto e hoje conseguiram concluir o ensino superior.


“Já passaram pela academia, policiais, designers, advogados, médicos e fisioterapeutas, e temos muitos outros exemplos que deram certo. Estamos sempre lutando pela criançada, pois o esporte é inclusão, saúde e socialização”, conclui.


Reportagem: Nael Rosa




109 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png