• Nael Rosa

20 de Setembro CTG continua com dificuldades financeiras para finalizar a reforma do prédio

Foto: Nael Rosa

Colocação do telhado é a fase inicial da reforma que já dura três anos

Desde o final de 2018 em reformas, as melhorias necessárias para que o 20 de Setembro CTG volte a abrir suas portas ainda estão muito distantes de serem concluídas, dificuldades aumentadas com o avanço da pandemia que não permite a continuidade de eventos para arrecadar recursos no Galpão de Rondas, que funciona em anexo à entidade, única fonte de renda que o Centro de Tradições Gaúchas retorne à ativa.


Segundo o patrão André Funari, após muito trabalho e também muitas doações da comunidade, há a intenção de colocar os 20% que ainda faltam do telhado este mês, o que motiva, mas também o faz perceber que ainda falta muito a ser feito.


“Está muito complicado, pois não temos dinheiro para avançar, e devido ao aumento de casos de Covid em Piratini nós tivemos que novamente paralisar a organização de eventos que nos permitiam levantar recursos para a reforma. Estamos distantes da conclusão, mas não vamos desistir e tenho certeza que conseguiremos”, assegura Funari.


Ele informa que após a finalização da cobertura o desafio será a troca do assoalho, e para tal espera que os contatos feitos com a Prefeitura e também com deputados federais, resultem em recursos que permitam finalizar as obras da entidade que está de portas fechadas desde o incêndio na Boate Kiss.


“É uma obra muito cara e mesmo que possamos reaproveitar parte do material já utilizado, não teremos folego financeiro para dar início as melhorias da parte interna. Assim estamos na expectativa do retorno de alguns contatos e ainda de algumas promessas que tivemos”, diz.


Reportagem: Nael Rosa

Contato: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

125 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png