• Nael Rosa

Resultado das três pessoas suspeitas de ter coronavírus em Piratini não tem prazo para sair


Secretário aguarda resultado para poder divulgar

Desde que o secretário de Saúde de Piratini, Diego Espíndola, veio a público na semana passada revelar que no município duas pessoas estavam com suspeita de ter contraído o coronavírus, o que voltou a fazer na segunda-feira (23) quando revelou um terceiro possível caso, há uma ansiedade das pessoas em saber o resultado das amostras coletadas nessas três pessoas.


Na tarde de hoje (24) Espíndola explicou que a análise e seu resultado não são tão simples e rápidas como todos gostariam que fossem principalmente diante de uma grande demanda no Estado.


"Não divulgamos o resultado porque o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (LACEN/RS) que é quem faz os testes ainda não confirmou e, consequentemente também não nos enviou nada sobre essas análises, e diante dessa loucura que é a demanda não sei precisar quantos dias isso pode levar”, explicou Espíndola.


Ele acrescentou que, assim como foi feito com os dois piratinienses que acionaram a Vigilância Epidemiológica na semana passada por estarem com sintomas de Covid-19, no caso desta semana também as pessoas que tiveram contato foram orientadas a ficarem no isolamento por 14 dias e estas estão sendo monitoradas.


“Nenhuma das pessoas que tiveram contato com os três indivíduos que colhemos o material para análise apresentam qualquer sintoma”, garantiu o secretário.


Para novas suspeitas o protocolo vai mudar, pois a declaração de situação de transmissão comunitária do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, anunciada na última sexta-feira, trará uma mudança no monitoramento dos casos no Estado. A partir de agora, passarão a ser investigados laboratorialmente somente os casos graves que necessitem de internação hospitalar, segundo uma nota divulgada na segunda-feira pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).


De acordo com as informações da SES, para os casos leves, que não têm a necessidade de internação, a recomendação é o isolamento domiciliar do paciente e das pessoas que residem na mesma casa por 14 dias.


Nael Rosa- redator responsável

Wats: 53-984586380

Cel: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com

2,277 visualizações
funeraria.jpg
1/2
1/2
Registre-se no nosso site e receba avisos de novas notícias!
  • perfil oficial

© 2021 por Nael Rosa. Produzido por Piratini Commerce