• Nael Rosa

Vereador pede Ação Civil Pública contra a CEEE Equatorial por causa do aumento nas contas de luz


Há casos em que a diferença de um mês para o outro chega a 400%

A alta diferença de valores das contas de energia elétrica de dezembro de 2021 para janeiro deste ano tem gerado protestos de consumidores nas redes sociais. Aumentos de até 400% surpreenderam quem recebeu a fatura este mês, o que levou o vereador Sérgio Castro (PDT), a buscar a Defensoria Pública de Piratini.


Segundo o parlamentar que também buscou o Ministério Público, a intenção é ajuizar através dos dois órgãos uma Ação Civil Pública contra a CEEE Equatorial, sendo que o teor desta ação não se limita ao valor das faturas que ele classifica como abuso.


“Os altos preços cobrados da população piratiniense é o tema principal desta reclamação, pois há exemplos de contas que subiram de R$ 202,00 para mais de R$ 800,00. Mas não somente isso. Tem também a ineficácia do 0800 da empresa que não funciona para que as pessoas possam obter informações dos motivos desse preço exorbitante que está sendo cobrado pelo fornecimento da luz, ainda a espera de até 35 dias por parte dos consumidores para que tenham a energia ligada após requisitarem, e o déficit de do serviço na zona rural onde famílias ficam até três dias sem o fornecimento”, detalhou Castro, que afirma também estar acionando a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que é quem regula o serviço no Brasil, para que esta tome providências.


Reportagem: Nael Rosa

Contato: 9-99502191

Email: naelrosaeufalei@gmail.com



323 visualizações
Modelo anúncio entre notícias2.png
Modelo anúncio entre notícias2.png